sábado, 8 de fevereiro de 2014


PARA QUEM QUER UM PIT BULL, LEIA COM MUITA ATENÇÃO, E VEJA SE VOCÊ ESTÁ APTO A TER UM, POIS PIT BULL, NÃO É PRA QUEM QUER E SIM PRA QUEM REALMENTE PODE TER!
Visão geral da raça:
Pit Bulls são animais maravilhosos, que merecem a chance de ter uma vida boa como a de qualquer outro cão. No entanto é preciso lembrar que Pit Bulls não são uma raça como qualquer outra. Eles são “um pouco mais” do que um cão normal pode ser! Pit Bulls são superiores física e mentalmente, características que fazem deles excelentes parceiros para donos responsáveis e ativos. Essas mesmas características podem fazer deles um pouco difíceis de lidar, para aquelas pessoas que não tem experiência com cães ou não conhecem direito a raça. Pit Bulls são fortes, cheios de energia e ágeis. Eles também são muito carinhosos e fáceis de lidar. "Determinação" é uma de suas mais notáveis características. Qualquer coisa que ele decida fazer, vai fazê-lo com o coração e a alma. Seja para fugir do canil e explorar a vizinhança, destruir aquele seu casaco novo ou tênis quando deixado em casa sozinho, ou até pular em você pra te dar um banho com sua língua!! Eles não desistem facilmente!
Stahlkuppe (1995) escreveu: "O American Pit Bull Terrier (APBT), certamente NÃO é um animal para qualquer um. Sendo um cão muito poderoso, é necessário ter um controle rígido e adequado. Idosos ou crianças certamente não serão capazes de garantir tal controle. Alguém que nunca teve um cão, na opinião da maioria dos criadores, não devem comprar um APBT. Uma pessoa insegura que quer apenas um cão agressivo para sustentar sua fraqueza, NUNCA deve se tornar um proprietário de um APBT. Uma pessoa que não gosta de animais ou é negligente ao cuidar de um, também não deve ter um Pit, aliás, nenhum outro animal".
Outra característica muito importante do Pit Bull é justamente seu amor pelas pessoas. Infelizmente a mídia os coloca como vilões, mas é comum pessoas se surpreenderem ao terem contato pela primeira vez com um. Cães dessa raça são, sem dúvida, muito carinhosos e realmente PRECISAM da atenção do dono. Não resistem a um carinho na barriga! Acabam até se tornando um membro da família. Fazem tanta festa quando os moradores da casa (e qualquer pessoa que os acompanhe) chegam, que os proprietários chegam a se preocupar como uma coisa tão dócil daquelas seria capaz de proteger sua casa e família. Ao contrário do que muitos pensam, o Pit Bull não é um cão indicado para guarda. Sua natureza vai contra o ataque ao humano. Claro que com todas suas potencialidades, quando bem treinado, é um ótimo cão de guarda. Aliás, quando bem treinado, ele se torna um verdadeiro companheiro em suas aventuras, podem competir em campeonatos de agilidade e força,e alguns podem trabalhar com crianças deficientes, idosos e certos tipos de terapia.
Agressividade com humanos, medo, desconfiança e instabilidade, são características dificilmente encontradas e não são aceitas em um APBT. Cães com essas características não são bons representantes da raça e não devem ser adquiridos.Como qualquer outra raça, o Pit Bull pode ter problemas de temperamento se for mal tratado, mal cuidado (alguns donos deixam seus cães dias sem comer, no escuro e ainda batem neles, para que fiquem agressivos). Por isso é importante avaliar o temperamento do seu cão na hora de adquiri-lo. Diferente do mito propagado pela mídia, agressividade com humanos NÃO é um problema específico da raça Pit Bull. Pit Bulls tendem a ocupar os primeiros lugares nos rankings de temperamento.
O "American Temperament Test Society" disponibiliza um teste nos Estados Unidos para os criadores de todas as raças, onde são pontuadas em porcentagem de "Aprovado" e "Reprovado". Várias raças são testadas e em testes realizados, o Pit Bull teve um índice de aprovação de 83,9%, seguido pelo Golden Retriever, com 83,2%. Pit Bulls são maravilhosos, amáveis e leais companheiros. No entanto é necessários compreender sua natureza para poder estabelecer uma posição de liderança positiva. Criadores de Pit Bulls devem conhecer os propósitos iniciais da raça, respeitar seus limites e potencial.
O propósito original da raça:

Humanos criaram raças especializadas eliminando ou adicionando determinadas características desejáveis para seu objetivo. Com o Pit Bull não foi diferente. O APBT foi "selecionado" por centena de anos em brigas com outros cães. Esse foi o "trabalho" ruim para o qual esses cães foram criados, assim como o Labrador, entre outras características, foi criado para buscar a caça abatida. Não é necessariamente a raiva por outros cães que vão levar um Pit Bull a brigar, mas sim uma espécie de "compulsão", ou instinto de brigar, quem já vem de gerações. E você deve lembrar sempre que qualquer cão pode brigar, mas o Pit Bull foi criado especificamente para isso, e o fazem com muita intensidade e determinação de vencer. Donos de Pit Bulls devem SEMPRE tomar cuidado com essa habilidade da raça e SEMPRE ter em mente que o estrago feito por um Pit Bull é muito grande. Um Pit Bull pode não começar uma briga, mas têm a genética para finalizá-la. E como já sabemos, não importa quem tenha começada a briga, o Pit Bull sempre será o culpado. Mesmo com tudo isso, alguns Pit Bulls convivem pacificamente entre si e com outros animais, sem nunca se envolver em nenhum incidente sério, mas isso não é uma regra e não podemos garantir que isso nunca acontecerá. Donos de Pits têm que ter bom senso e assegurar nunca colocar seus cães em situações erradas.
Todo incidente negativo envolvendo um Pit Bull, piora sua reputação e pode nos tirar o direito de ter um desses maravilhosos cães – Por favor, não deixe seu Pit Bull se envolver em encrencas!!!
E quase encerrando, precisamos lembrar que a agressividade que um Pit Bull tem com outro cão, é totalmente diferente de agressividade contra uma pessoa. IssoNUNCA deve ser confundido. Por isso, não ache que se ele quer brigar com outro cão, que ele pode vir a se tornar agressivo com você. Pit Bulls são naturalmente bons com pessoas.
Esperamos que esse artigo, possa ter ajudado algumas pessoas a entenderem porque alguns de nós somos extremamente dedicados à essa maravilhosa raça.
"Não que o Pit Bull precise de mais ajuda, compaixão e compreensão que outras raças, mas COM CERTEZA ele te recompensará com muito mais amor e lealdade do que você nunca imaginou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário